logo

Compósitos


Desenvolvimento de materiais compósitos
A Newstamp, dedicada inicialmente para o fabrico e estampagem de peças metálicas, recentemente começou a adquirir experiência no fabrico de peças em compósitos pelos processo de Hand-lay up e infusão. A aceitação do mercado destas peças e o gosto de novos desafios levou-nos a criar parcerias com 2 institutos técnicos para dotar o nosso gabinete de desenvolvimento de capacidade de dimensionamento de materiais compósitos e de ferramentas para processo de RTM-HP.
Ferramentaria
Somos uma empresa que nasceu dedicada ao fabrico de componentes metálicos e de moldes para estampagem. O conhecimento que adquirimos ao longo de mais de 25 anos no fabrico de moldes para a tecnologia de chapa facilitou a transferência do conhecimento para o dimensionamento e fabrico de moldes para a tecnologia de compósitos.
Hand-lay up
O Hand-lay up é um processo manual de empilhamento e impregnação dos reforços. São aplicadas camadas sucessivas de reforço e impregnadas manualmente. Este processo utiliza um molde aberto e é de todos os processos o que oferece peças com menores propriedades mecânicas, com frações de fibra tipicamente na ordem dos 25%-30%. O facto de se utilizar só um molde implica que só uma das faces apresente um bom acabamento superficial. Processo utilizado para pequenas séries, inferiores a 1000 peças por ano. 
VARI - Infusão de resina a vácuo
Este processo recorre à aplicação de vácuo para produzir peças com melhores propriedades mecânicas, frações de fibra na ordem dos 60% e menor quantidade de vazios. Podem fabricar-se peças com bom acabamento superficial nas duas faces, devido a este processo poder utilizar molde fechado ou molde aberto, dependendo somente das especificações do componente a fabricar. A moldação por vácuo permite séries até 5000 peças por ano e é adequado para componentes de médias a grandes dimensões.
PRE-PREGS

HP-RTM
O processo HP-RTM é de todos o mais evoluído tecnologicamente e o que permite a diminuição dos tempos de ciclo, que podem ir de 2 horas a 3 minutos, dependendo da dimensão e complexidade das peças e dos sistemas utilizados. Neste método de fabrico utiliza-se molde e contra molde e pressões de injecção de resina na ordem dos 30 bar. As peças produzidas, geralmente de grandes dimensões, têm propriedades mecânicas muito boas e excelente acabamento superficial nas duas faces.